EducaçãoComo desenvolver a alfabetização digital dos alunos?

7 de dezembro de 2017

Aprender a ler, escrever, realizar cálculos, descobrir a história do mundo e lições de cidadania e respeito. A escola tem papel fundamental nessas atividades importantes para as crianças, mas é preciso pensar cada vez mais em uma demanda atual e que fará parte do futuro delas: a alfabetização digital. A familiaridade dos pequenos com os recursos...

Aprender a ler, escrever, realizar cálculos, descobrir a história do mundo e lições de cidadania e respeito. A escola tem papel fundamental nessas atividades importantes para as crianças, mas é preciso pensar cada vez mais em uma demanda atual e que fará parte do futuro delas: a alfabetização digital.

A familiaridade dos pequenos com os recursos modernos e tecnológicos parece até mesmo natural algumas vezes, porém é plausível a preocupação acerca do melhor uso possível dessas ferramentas. Mas, como fazer isso no cotidiano escolar?

Este post trará um conteúdo de grande importância para educadores que buscam como abordar a alfabetização digital da melhor forma. Confira!

Proponha a leitura em plataformas digitais

Uma maneira muito prática de iniciar os alunos com os recursos digitais é estimular que eles leiam usando tablets.

Os e-books são uma realidade atualmente, sendo grande fonte de conteúdo para muitos usuários, o que deixa claro que fazer isso é realmente preparar a criança para o futuro.

O contato com esses aparelhos e a adaptação para a leitura digital logo cedo faz com que se torne algo natural com o tempo. É importante sempre ter isso como algo acessório, sem tirar do aluno o contato com livros.

Ensine os alunos a fazerem pesquisas

A internet é uma fonte de conhecimento quase infinita! Ela não substitui a atuação dos professores nas salas de aula, mas pode ser de grande ajuda, especialmente para pesquisas e realização de trabalhos de casa.

É muito importante que o educador ensine os alunos a trabalharem com o que a internet fornece, realizando buscas por conteúdos, sempre mantendo a atenção sobre a confiabilidade deles, assim como também falando sobre a importância de não plagiar algo quando a situação for um trabalho escolar, por exemplo.

Proponha atividades dentro do âmbito digital

O contato dos mais jovens com o digital é constante e pode ser um pouco desmotivador ter que realizar algumas tarefas manuais.

Um professor não pode abrir mão desse tipo de tarefa, mas é importante também estimular que eles desenvolvam cada vez mais suas habilidades com recursos tecnológicos.

A melhor maneira de fazer isso é propor atividades em meios digitais. Essa atitude ajuda ainda mais o domínio das ferramentas em questão, além de despertar o interesse pelo conteúdo lecionado.

Por exemplo, ao invés de pedir que apresentem um trabalho, peça que produzam um vídeo sobre o conteúdo. É possível transferir várias tarefas para o meio digital.

Ensine-os a usar todos os recursos

São muitos os softwares, recursos e funcionalidades aos quais os alunos estarão expostos constantemente. Isso faz com que seja fundamental um direcionamento acerca de como utilizar cada um deles e, principalmente, porque usar. Assim, eles desenvolverão naturalmente cada vez mais interesse.

É possível fazer isso mostrando como as ferramentas digitais podem ser importantes no caminho do aprendizado.

Isso inclui a orientação de como usar, por exemplo, a internet, os recursos de pesquisas, softwares de texto e tudo mais que estiver relacionado com a área educacional, mas que será de extrema importância para a vida do aluno de uma maneira geral.

A alfabetização digital é uma demanda do mundo moderno, então é fundamental que o ensino reconheça isso e permita que os alunos tenham acesso a essas informações. É papel do professor orientar os alunos da melhor forma.

Gostou deste post? Você pode ter acesso a mais conteúdos do tipo assinando a nossa newsletter! Assim você recebe tudo diretamente no seu e-mail.

Compartilhe nas redes:

EducaçãoComo desenvolver a alfabetização digital dos alunos?

7 de dezembro de 2017

Aprender a ler, escrever, realizar cálculos, descobrir a história do mundo e lições de cidadania e respeito. A escola tem papel fundamental nessas atividades importantes para as crianças, mas é preciso pensar cada vez mais em uma demanda atual e que fará parte do futuro delas: a alfabetização digital. A familiaridade dos pequenos com os recursos...

Aprender a ler, escrever, realizar cálculos, descobrir a história do mundo e lições de cidadania e respeito. A escola tem papel fundamental nessas atividades importantes para as crianças, mas é preciso pensar cada vez mais em uma demanda atual e que fará parte do futuro delas: a alfabetização digital.

A familiaridade dos pequenos com os recursos modernos e tecnológicos parece até mesmo natural algumas vezes, porém é plausível a preocupação acerca do melhor uso possível dessas ferramentas. Mas, como fazer isso no cotidiano escolar?

Este post trará um conteúdo de grande importância para educadores que buscam como abordar a alfabetização digital da melhor forma. Confira!

Proponha a leitura em plataformas digitais

Uma maneira muito prática de iniciar os alunos com os recursos digitais é estimular que eles leiam usando tablets.

Os e-books são uma realidade atualmente, sendo grande fonte de conteúdo para muitos usuários, o que deixa claro que fazer isso é realmente preparar a criança para o futuro.

O contato com esses aparelhos e a adaptação para a leitura digital logo cedo faz com que se torne algo natural com o tempo. É importante sempre ter isso como algo acessório, sem tirar do aluno o contato com livros.

Ensine os alunos a fazerem pesquisas

A internet é uma fonte de conhecimento quase infinita! Ela não substitui a atuação dos professores nas salas de aula, mas pode ser de grande ajuda, especialmente para pesquisas e realização de trabalhos de casa.

É muito importante que o educador ensine os alunos a trabalharem com o que a internet fornece, realizando buscas por conteúdos, sempre mantendo a atenção sobre a confiabilidade deles, assim como também falando sobre a importância de não plagiar algo quando a situação for um trabalho escolar, por exemplo.

Proponha atividades dentro do âmbito digital

O contato dos mais jovens com o digital é constante e pode ser um pouco desmotivador ter que realizar algumas tarefas manuais.

Um professor não pode abrir mão desse tipo de tarefa, mas é importante também estimular que eles desenvolvam cada vez mais suas habilidades com recursos tecnológicos.

A melhor maneira de fazer isso é propor atividades em meios digitais. Essa atitude ajuda ainda mais o domínio das ferramentas em questão, além de despertar o interesse pelo conteúdo lecionado.

Por exemplo, ao invés de pedir que apresentem um trabalho, peça que produzam um vídeo sobre o conteúdo. É possível transferir várias tarefas para o meio digital.

Ensine-os a usar todos os recursos

São muitos os softwares, recursos e funcionalidades aos quais os alunos estarão expostos constantemente. Isso faz com que seja fundamental um direcionamento acerca de como utilizar cada um deles e, principalmente, porque usar. Assim, eles desenvolverão naturalmente cada vez mais interesse.

É possível fazer isso mostrando como as ferramentas digitais podem ser importantes no caminho do aprendizado.

Isso inclui a orientação de como usar, por exemplo, a internet, os recursos de pesquisas, softwares de texto e tudo mais que estiver relacionado com a área educacional, mas que será de extrema importância para a vida do aluno de uma maneira geral.

A alfabetização digital é uma demanda do mundo moderno, então é fundamental que o ensino reconheça isso e permita que os alunos tenham acesso a essas informações. É papel do professor orientar os alunos da melhor forma.

Gostou deste post? Você pode ter acesso a mais conteúdos do tipo assinando a nossa newsletter! Assim você recebe tudo diretamente no seu e-mail.

Compartilhe nas redes:

Leitura transforma

Siga a Árvore nas redes sociais /leianaarvore

   

Copyright © 2021 Árvore. Todos os direitos reservados.

Compartilhe nas redes: