LeituraSaiba a importância de trabalhar a leitura de textos jornalísticos em sala de aula!

11 de junho de 2018

Você já parou para pensar que usar e realizar a leitura de textos jornalísticos em sala de aula pode ser uma ótima forma para ensinar os diferentes gêneros textuais e para ampliar o universo de seus alunos? Além de funcionar como um estímulo à leitura, essa alternativa estabelece um vínculo com os fatos do cotidiano...

Você já parou para pensar que usar e realizar a leitura de textos jornalísticos em sala de aula pode ser uma ótima forma para ensinar os diferentes gêneros textuais e para ampliar o universo de seus alunos? Além de funcionar como um estímulo à leitura, essa alternativa estabelece um vínculo com os fatos do cotidiano e permite a distinção entre o que é fato e opinião.

Toda escola comprometida com o exercício de cidadania deseja formar cidadãos competentes e com pensamento mais crítico, por isso criamos este artigo para falar sobre a importância e os benefícios de se trabalhar a leitura de textos jornalísticos em sala de aula. Acompanhe!

A importância da leitura de textos jornalísticos na escola

Não é segredo para ninguém que o jornal é um veículo de informação que permite a leitura de diversos gêneros em um mesmo lugar, de forma dinâmica. Não só conecta o leitor com o que acontece, como também dá a ele a possibilidade de se posicionar ativamente e abrir questionamentos diante de uma determinada situação.

Nesse sentido, a leitura de textos jornalísticos é fundamental para ambientar o estudante à realidade em que vive, transformando-o em um cidadão crítico. Afinal, esse tipo de discurso permite o contato com diferentes posicionamentos e ideologias, o que agrega muito ao desenvolvimento social dos alunos.

Veja outros benefícios de se trabalhar textos jornalísticos em sala de aula:

  • faz com que o aluno aprenda a ler, avaliar diferentes pontos de vista e diferenciar posicionamento estratégico, opiniões e fatos;
  • ajuda a formar leitores habituais;
  • permite que o estudante identifique as diferentes finalidades dos textos que circulam à esfera jornalística;
  • proporciona interdisciplinaridade e estudo de temas diversos;
  • colabora para que o aluno pense mais criticamente sobre os fatos;
  • contribui para que o estudante perceba a relação entre os títulos dos textos e a coerência com as editorias em que são publicados;
  • exercita o aluno para que ele saiba discernir diferentes vozes.
Como trabalhar com a leitura jornalística em sala de aula

De modo geral, os jornais apresentam uma linguagem voltada para o interlocutor adulto, o que pode dificultar a escolha de textos adequados para se trabalhar com uma turma de ensino fundamental. Ainda assim, não é impossível encontrar conteúdos capazes de envolver seus alunos e algumas medidas podem ser tomadas para facilitar o processo. Confira, agora, três boas práticas para se trabalhar com a leitura de textos jornalísticos em sala de aula!

1. Promover um debate na sala de aula

Uma ideia interessante é promover um debate na sala de aula, colaborando, assim, para o desenvolvimento do senso crítico e argumentação dos estudantes. Para que eles se mantenham engajados na discussão, opte por assuntos atuais e polêmicos e que de preferência estejam presentes no dia a dia e nas conversas deles.

2. Utilizar o formato digital para leitura de textos jornalísticos

A sua escola não pode ignorar a mudança de mentalidade causada pelo avanço da tecnologia. Portanto, sugira a leitura de materiais jornalísticos disponíveis na internet, inserindo seus alunos nessa nova realidade de letramento digital.

Caso o interesse, saiba que já existem soluções que trabalham o gênero jornalístico de forma digital para o público infantojuvenil, possibilitando uma avaliação eficaz e personalizada das habilidades leitoras dos jovens.

3. Estudar fake news em sala de aula

Um problema recorrente da era digital é disseminação de notícias falsas e essa pode ser uma boa oportunidade para propor em sala de aula atividades que avaliem o discernimento do aluno entre fato e opinião.

Estudando as notícias falsas, ou fake news, além de perceberem as diferentes vozes presentes do texto, os estudantes podem analisar o contexto de produção dos gêneros jornalísticos para, assim, saberem o posicionamento de quem escreve, para quem escreve e quando escreve. Dessa forma, conseguem ler criticamente uma matéria e perceberem marcas de notícias falsas.

Gostou das nossas dicas? Confira ainda nosso vídeo no YouTube que falamos sobre como ensinar a leitura crítica de notícias. Ah, e compartilhe também nossos conteúdos nas redes sociais.

Compartilhe nas redes:

Leitura transforma

Siga a Árvore nas redes sociais /leianaarvore

   

Copyright © 2021 Árvore. Todos os direitos reservados.

Compartilhe nas redes: