LeituraComo os quadrinhos podem incentivar o hábito de leitura?

22 de agosto de 2017

Os avanços tecnológicos possibilitam o acesso às informações de forma rápida o meio visual acaba predominando entre as novas gerações para que consigam obter a informação desejada com agilidade. Desta forma, a utilização da imagem é um fator de atração para crianças e adolescentes. Isso significa que, para atrair a atenção dos alunos para o conteúdo...

Os avanços tecnológicos possibilitam o acesso às informações de forma rápida o meio visual acaba predominando entre as novas gerações para que consigam obter a informação desejada com agilidade. Desta forma, a utilização da imagem é um fator de atração para crianças e adolescentes.

Isso significa que, para atrair a atenção dos alunos para o conteúdo da disciplina, incentivando a leitura e a busca por mais conhecimento, as histórias em quadrinhos podem ser grandes aliadas no ensino.

Geralmente, as revistas em quadrinhos são consideradas, de modo preconceituoso, entretenimento infantil ou até objetos de discussão de adultos imaturos. Contudo, as HQs podem ser mais do que uma boba diversão, pois possuem histórias e valores em diferentes níveis de complexidade, constituindo um ótimo instrumento para a leitura individual e educacional.

Os quadrinhos inovam na hora de apresentar conteúdos e, com isso, prendem a atenção dos leitores. Histórias, mesmo que curtas, podem aprofundar o conhecimento das crianças e adolescentes em determinados assuntos e fazê-los descobrir que a leitura pode ser divertida.

As HQs dentro da sala de aula

Utilizando-se de imagens e texto, os quadrinhos podem auxiliar uma comunicação mais didática, que vai facilitar a atuação do professor em sala de aula e a assimilação do conteúdo pelos alunos. Essa forma de comunicação é uma dinâmica complementar muito eficiente ao plano de aula do professor, proporcionando de forma atrativa o incentivo a leitura e a absorção de novos conhecimentos.

O hábito de ler deve ser uma atividade agradável para a criança e adolescente. Por essa razão, é importante que o professor se aproxime da sua turma, conhecendo os seus interesses e os assuntos que mais os atraem para facilitar a utilização didática dos quadrinhos em sala de aula.

Para entender a linguagem das HQs, o leitor precisa fazer reflexões sobre o conteúdo, aprendendo com as experiências ficcionais — de aventuras, dos problemas e questões humanas, da relação com o bem e mal e ainda outras características das histórias de ficção —, que são sempre associadas às experiências da vida real.

Além disso, essa é uma ferramenta que pode ser utilizada para os alunos que estão aprendendo a ler. Por meio da observação da imagem, a criança consegue ter um entendimento melhor do texto, logo, ajuda e facilita o processo de aprendizagem.

E você, já utilizou algum quadrinho em sala de aula? Se já usou alguma HQ ou está pensando em usar depois de ter lido este texto, conte pra gente nos comentários!

Compartilhe nas redes:

Leitura transforma

Siga a Árvore nas redes sociais /leianaarvore

   

Copyright © 2021 Árvore. Todos os direitos reservados.

Compartilhe nas redes: