LeituraComo escolher o livro ideal para os meus alunos?

25 de setembro de 2015

O brasileiro lê muito pouco. Infelizmente, essa afirmação não é apenas senso comum. Segundo a pesquisaRetratos da leitura no Brasil de 2011, realizada pelo Instituto Pró-livro, a média de livros lidos por brasileiro em um período de três meses é de 1,85. Desses, 0,81 livros são aqueles indicados pela escola. Através desses números é possível...

O brasileiro lê muito pouco. Infelizmente, essa afirmação não é apenas senso comum. Segundo a pesquisaRetratos da leitura no Brasil de 2011, realizada pelo Instituto Pró-livro, a média de livros lidos por brasileiro em um período de três meses é de 1,85. Desses, 0,81 livros são aqueles indicados pela escola.

Através desses números é possível perceber a importância de escolher livros que contribuam e incentivem o hábito de leitura dos alunos, não é mesmo? Mais do que passar a eles a obrigação da leitura, é fundamental que você estimule essa atividade como algo além de educativo, prazeroso.

Para ajudar a solucionar essa questão, preparamos algumas dicas sobre como escolher livros para os alunos. É certo que as sugestões não desconsideram o Projeto Político Pedagógico (PPP) da instituição — garantia do alinhamento entre todos os docentes e da consolidação da identidade da escola. Confira!

Avalie a faixa etária

Parece óbvio, mas considerar a idade dos alunos é fundamental na hora de escolher os livros. Cada faixa etária é estimulada por questões diferentes que devem ser pensadas — rimas e adivinhações para crianças de 4 a 6 anos, suspense para as de 7 a 10, e ciência para os pré-adolescentes são algumas das preferências já comprovadas.

Aproxime a literatura da realidade dos alunos

Livros de ficção devem ser sempre indicados, mas você pode aproveitar questões cotidianas para aproximar a literatura da realidade das crianças e jovens. Se no dia a dia você percebe que muitos têm problemas familiares, procure uma história que aborde a temática. O mesmo vale, por exemplo, para questões éticas, de gênero, casos de bullying na escola, etc. Essa é uma forma mais leve e exemplificada de falar sobre assuntos que podem ser considerados por muitos tabus.

Faça uso de dispositivos tecnológicos

Tablets e celulares são artefatos cada vez mais presentes na vida dos jovens. Adotar livros que estejam adaptados para ebooks e audiolivros contribui para que eles façam a leitura com mais entusiasmo. Além disso, também já estão disponíveis no mercado livros digitais que precisam da interação do aluno durante a leitura, reforçando os vínculos com a obra. O leitor é também parte do livro!

Faça uma enquete

Consulte os alunos sobre quais temas eles gostariam de ler, conquistando desde esse momento a atenção das crianças e jovens. Compartilhar a responsabilidade já é um começo para despertar a vontade de leitura em cada um.

Revisite os clássicos

Procure equilibrar a lista com títulos clássicos e de escritores mais jovens, abordando várias linguagens para que os jovens saibam identificar e interpretar cada uma delas. Mesclar estilos e culturas é fundamental para que eles tenham uma visão abrangente e possam, mais tarde, delimitar as suas preferências.

Analise as diferentes formas de expressões da obra lida

Organize também exibições de filmes que foram adaptados da literatura ou idas à peças de teatro e exposições. Analisar as diferentes formas de expressão de uma mesma obra é uma prática extremamente enriquecedora e que desenvolve o pensamento crítico do aluno.

Para que o número de livros lidos pelos brasileiros cresça, é cada vez mais necessário que se crie estratégias de atração e estímulo. Ler é importante para o desenvolvimento de diversas habilidades e pode fazer toda a diferença na vida do aluno no futuro.

Como você costuma estabelecer as opções de leitura para os seus alunos? Você tem alguma estratégia para despertar neles um interesse maior pela leitura? Compartilhe as suas dicas nos comentários.

Compartilhe nas redes:

Leitura transforma

Siga a Árvore nas redes sociais /leianaarvore

   

Copyright © 2021 Árvore. Todos os direitos reservados.

Compartilhe nas redes: