Leitura6 ações fundamentais para se incentivar a leitura na escola

14 de dezembro de 2015

É um fato: criança que lê desde cedo, principalmente quando bem acompanhada pelos pais, aprende melhor, se comunica de forma mais fluída e consegue melhorar até problemas de dicção. A leitura é a principal ferramenta do educador para contribuir com o aprimoramento da imaginação e da criatividade. Mas como incentivar a leitura na escola? Como...

É um fato: criança que lê desde cedo, principalmente quando bem acompanhada pelos pais, aprende melhor, se comunica de forma mais fluída e consegue melhorar até problemas de dicção. A leitura é a principal ferramenta do educador para contribuir com o aprimoramento da imaginação e da criatividade. Mas como incentivar a leitura na escola?

Como educadores, nossa principal tarefa é funcionar como guias no caminho das palavras, possibilitando que a leitura venha a ser um hábito não só na escola mas também fora dela!

Confira 6 dicas para melhorar o desempenho de leitura em suas turmas.

1 – Antes de sugerir um título, pense no público

Essa dica parece óbvia, mas costuma ser uma reclamação constante dos estudantes: clássicos recomendados para turmas muito jovens e com o vocabulário pouco expandido, enquanto livros simplistas são recomendados a turmas mais velhas. Antes de fazer qualquer escolha, você deve pensar na faixa etária dos seus alunos e tentar se colocar no lugar deles.

2 – Use a tecnologia como aliada

Antigamente, uma dificuldade constante na vida dos professores ao fazer recomendações era a disponibilidade das obras — títulos que entravam para a lista do vestibular costumavam ser raridade nas prateleiras, e difícil de se reservar numa biblioteca física. No entanto, com os livros digitais esse cenário muda completamente.

Eles apresentam diversas vantagens, como a facilidade para levá-lo em qualquer lugar, baixo preço dos livros, possibilidade de acessar outros conteúdos que complementem a leitura atual, etc — seja através de um tablet ou de um leitor digital, dispositivos que suportam mais de um livro s digital em sua memória, os títulos estarão disponíveis 24 horas por dia.

3 – Incentive a pluralidade

Muitas vezes somos desencorajados a melhorar como leitores pelo teor do material com que entramos em contato. É preciso que as recomendações sejam ecléticas e que possam dar aos alunos uma visão crítica sobre o universo ao seu redor. Inclua títulos jornalísticos além de romances infantojuvenis, por exemplo, para aumentar o conhecimento deles sobre outros gêneros textuais.

4 – Introduza livros interativos

Os livros interativos são uma excelente opção para alfabetização e para ajudar as crianças a darem seus primeiros passos na leitura — já em contato com o mundo digital. Por fazerem uso de recursos visuais não disponíveis nos livros tradicionais eles costumam chamar a atenção dos pequenos e podem ser uma maneira de fazê-los virarem ávidos leitores no futuro!

Quanto mais cedo a criança entra em contato com a literatura, melhor ela desenvolve sua habilidade linguística, o que facilitará, consequentemente, sua vida escolar.

5 – Organize projetos práticos

Incentive que os alunos criem textos, poemas e redações para um jornal da classe, em que cada um possa contribuir com um tema. Eles podem ser distribuídos pelo educador ou escolhidos pelos próprios alunos — é importante que abranjam conteúdos plurais (jornalísticos, de entretenimento, ficção, etc) para que todos possam entrar em contato com vários estilos de produção literária.

O jornal pode, inclusive, ser uma atividade sobre um livro trabalhado em classe — imagine o tanto que seria divertido produzir um jornal sobre um mistério, com ilustrações e textos feitos pelas crianças, após a leitura de um determinado livro.

6 – Conte com a ajuda dos pais

Para encorajar a leitura na escola ela precisa ser um hábito que permeia a vida do aluno. Nas reuniões entre pais e professores instigue-os a fazer leituras junto com seus filhos, para que esses possam ver a prática como rotineira e parte dos seus hábitos.

Além disso, escreve bem quem lê bastante: seus alunos podem melhorar muito em todas as matérias, escrevendo melhores respostas discursivas e compreendendo melhor os conteúdos, contribuindo também para a expansão do próprio vocabulário.

Quer ver isso virar realidade na sua escola? Compartilhe suas dúvidas e dicas para incentivar a leitura na escola.

Agora que você já aprendeu algumas funções fundamentais para incentivar a leitura na escola, conheça 7 motivos para usar celular na sala de aula.

 

Compartilhe nas redes:

Leitura transforma

Siga a Árvore nas redes sociais /leianaarvore

   

Copyright © 2021 Árvore. Todos os direitos reservados.

Compartilhe nas redes: